Pular para o conteúdo principal

              O que é Bullying?

Bullying é uma situação caracterizada por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo inglês refere-se ao verbo “ameaçar, intimidar”.
Grande parte das pessoas confunde ou tende a interpretar o bullying simplesmente como a prática de atribuir apelidos pejorativos às pessoas, associando a prática exclusivamente com o contexto escolar. No entanto, tal conceito é mais amplo. O bullying é algo agressivo e negativo, executado repetidamente e ocorre quando há um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas. Desta forma, este comportamento pode ocorrer em vários ambientes, além da escola: em universidades, no trabalho ou até mesmo entre vizinhos.
Basicamente, a prática do bullying se concentra na combinação entre a intimidação e a humilhação das pessoas, geralmente mais acomodadas, passivas ou que não possuem condições de exercer o poder sobre alguém ou sobre um grupo. Em outras palavras, é uma forma de abuso psicológico, físico e social.
No ambiente de trabalho, a intimidação regular e persistente que atinge a integridade e a confiança da vítima é caracterizada como bullying. Entre vizinhos, tal prática é identificada quando alguns moradores possuem atitudes propositais e sistemáticas com o fim de atrapalhar e incomodar os outros.
Falando especificamente do ambiente escolar, grande parte das agressões é psicológica, ocasionada principalmente pelo uso negativo de apelidos e expressões pejorativas criados para humilhar os colegas. O papel da escola é informar aos professores e alunos o que é e deixar claro que o estabelecimento não admitirá a prática – “prevenir é o melhor remédio”. A atuação dos professores também é fundamental. Há uma série de atividades que podem ser feitas em sala de aula para falar desse problema com os alunos. Pode ser tema de redação, de pesquisa, teatro etc. É só usar a criatividade para tratar do assunto.
Claro que não se pode banir as brincadeiras entre colegas no ambiente escolar. O que a escola precisa é distinguir o limiar entre uma piada aceitável e uma agressão. Ao perceber o bullying, o professor deve corrigir o aluno. Em casos de violência física, a escola deve tomar as medidas devidas, sempre envolvendo os pais. Bullying só se resolve com o envolvimento de toda a escola - direção, docentes e aluno - e a família.


                                              Vinicius Jesus de Souza -  7º Ano A 


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conhecendo Nossa Escola
Ei, galera! Veja quanta coisa bacana acontece em nossa escola! São tantos os Projetos e atividades que envolvem, estimulam e divertem nossos alunos. Vale a pena conferir e participar!
·Projeto Xadrez – Professoras Nancy Ana Pavan e Márcia Thomazini ·Projeto Jornal – Professora Patrícia Nobre de Faria e Souza ·Projeto Jornal Mural Literário – Professora Adriana Maria Farol Carol ·Projeto As Mídias e as Ondas do Rádio – Professora Valéria Beatriz de Matos ·Projeto Monitores de Leitura – Professora Nancy Ana Pavan ·Projeto Mediadores de Leitura – Professor Leonardo Quintas ·Recuperação Paralela – Professora Magali Aparecida Mingareli Del Valle
Confiram as fotos!
PROJETO XADREZ





PROJETO MONITORES DE LEITURA









PROJETO JORNAL

Sequência Didática Cartas de leitor: Impressa ou via e-mail

O educador possui enorme responsabilidade atualmente em proporcionar ao educando acesso aos vários gêneros textuais. O educando precisa ser instrumentalizado para compreender a função social da escrita. É necessário salientar que o trabalho com vários gêneros textuais repertoria o aluno a compreender como os mesmos estão constituídos e em quais momentos serão utilizados. As desestabilizações oriundas desse percurso contribuem para a formação de leitores e escritores plenos. Sendo assim, a prática em sala de aula pressupõe o redimensionamento do currículo, o qual deve legitimar a problematização como fator essencial para a reflexão do educando. Propostas significativas possibilitam ao aluno uma mobilização interna para construir conhecimento. O grande desafio da Escola é mobilizar o educando para confrontar várias verdades, desenvolver a criticidade e abandonar hipóteses antes inquestionáveis. O aluno traz uma grande bagagem de experiências que não podem ser desconsideradas. Há a nece…
CONCURSO DE DESENHO  TEMA: AS OLIMPÍADAS DE 2012
A Professora Gislaine de Educação Física promoveu no mês de agosto o "Concurso Caça Talentos" para os alunos do Fundamental I, tendo como tema "As Olimpíadas de 2012". O Concurso foi o maior sucesso! Produções incríveis foram realizadas. No dia 23 do mesmo mês, fora realizada a premiação no anfiteatro da escola. Contamos com a presença de alunos, professores e de nossa Coordenadora Pedagógica Anete. A Equipe do Jornal do Queiroz também esteve lá prestigiando o evento.
Confiram os vencedores e suas produções! 
Classificação:
1ºs Anos 1º Lugar - Medalha de Ouro Matheus dos Santos (1º Ano A) 2º Lugar - Medalha de Prata Luiz Henrique Bertolo Ramos (1º Ano A) 3º Lugar - Medalha de Bronze Leonardo Fernandes Paulino da Silva (1º Ano A)


2ºs Anos 1º Lugar - Medalha de Ouro Daniel Pereira da Silva (2º Ano A) 2º Lugar - Medalha de Prata Vinicius H. Iogui dos Santos (2º Ano C) 3º Lugar - Medalha de Bronze Talita Daiely Oliveira Santos…