quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Vamos começar a falar sobre Intolerância!!!


Mas o que seria Intolerância????
Seria algum tipo de pré conceito???


       Segundo o Wiktionary, preconceito – ou “pré-conceito” – é um “conceito formado com base em julgamento próprio que exige tom depreciativo da diferença”, é uma “análise tendenciosa”, uma “discriminação provocativa”. Na verdade, existem diversas definições para preconceito, a maioria baseada na ideia de que se trata de “um juízo preconcebido” com “conotação negativa” “imposta pelo meio, época e educação”.


       Existem diversos tipos de preconceito no Brasil:
-contra negros, mulheres,  deficientes,homosessuais, obesos, nordestinos, adeptos de religiões afro-brasileiras, seguidores de religiões não-cristãs, Xenofobia é o medo de estrangeiros. Pessoas xenófobas normalmente tem preconceito contra estrangeiros e por pessoas de outras regiões.

Homofobia é o medo de homossexuais, travestis e transexuais.

Racismo é um termo usado para definir o preconceito contra grupos raciais (negros, judeus, índios etc) diferentes daquele a que pertence o sujeito.

Etaísmo é o preconceito baseado na idade, a discriminação por idade. O tipo mais comum de etaísmo é o preconceito contra idosos.

Machismo é a crença de que os seres humanos do sexo masculino são superiores aos do feminino. Alguns sociólogos e intelectuais classificam o machismo como preconceito contra a mulher.


Intolerância religiosa é um termo usado para definir tanto o preconceito contra religiões ou indivíduos filiados a determinadas religiões. É também utilizado para definir a discriminação contra ateus.
  
Islamofobia é aversão e preconceito contra o islã e os maometanos. A islamofobia cresceu de forma acentuada no Ocidente e em diversas regiões do planeta após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2 001 nos Estados Unidos.


Antissemitismo é palavra usada para designar o preconceito e a perseguição a judeus.


Gueto (palavra oriunda do italiano ghetto) é uma região ou bairro onde vivem os membros de um grupo étnico ou social. Um dos guetos mais conhecidos foi o de Varsóvia (Polônia), para onde foram removidos milhares de judeus.

Campo de concentração é uma espécie de centro de confinamento militar para onde são enviados opositores do regime, soldados estrangeiros e grupos sociais perseguidos (ou seja, também é resultado do preconceito). Um dos campos de concentração mais famosos é o de Auschwitz, na Polônia, onde morreram milhões de judeus.

Nazismo: doutrina política propagada pelo ex-ditador alemão Adolf Hitler que sustentava a ideia de superioridade da “raça” ariana (europeus brancos) sobre as demais “raças”. Os nazistas foram os maiores responsáveis pela perseguição e extermínio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Neonazismo: doutrina baseada nas ideias racistas nazistas. Seus seguidores propagam o ódio a diversos grupos, de judeus a homossexuais, de negros a comunistas. Existem movimentos neonazistas em diversas partes do mundo, inclusive na América Latina.

Skinheads: grupos neonazistas que propagam tanto as ideias de superioridade racial da “raça” branca quanto a violência contra judeus, negros, homossexuais, comunistas, hippies e imigrantes. Os skinheads são formados na maioria por jovens. No Brasil, os grupos mais conhecidos são o White Power e o Carecas do ABC.

Ku Klux Klan: grupo racista formado nos Estados Unidos logo após a Guerra de Secessão. Além de pregar a supremacia W.A.S.P (do branco, anglo-saxão e protestante), a Ku Klux Klan persegue negros, judeus e imigrantes. Hoje, esse ódio também é dirigidos aos islâmicos, católicos e homossexuais.

Apartheid: regime de segregação racial sul-africano. A palavra apartheid vem do africâner e significa separação. O apartheid dividia a população entre brancos e não-brancos (negros, indianos etc). As grandes vítimas eram justamente a maior parte da população: os negros. Brancos e negros não podiam frequentar juntos os mesmos banheiros públicos, ônibus, trens, piscinas e até praias. O sexo “inter-racial” era proibido.

Fonte de pesquisa: site curiosidades 
 escritor e filósofo francês Arthur Gobineau
Não devemos esquecer que toda forma de pré conceito e intolerância deve ser abolida!

Matéria pesquisada pelo aluno Caick OrlandiRomero 5 º ano A - Aluno Monitor