segunda-feira, 27 de abril de 2015

Alunos Monitores em Ação

Nossos alunos monitores estão em ação informando sobre a Dengue!!!!
Estamos trabalhando!!!







O que é Dengue?

A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O seu principal vetor de transmissão é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente com a dengue em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue.

Existem quatro tipos de dengue, pois o vírus causador da dengue possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles dá proteção permanente para o mesmo sorotipo, mas imunidade parcial e temporária contra os outros três.

Embora pareça pouco agressiva, a doença pode evoluir para a dengue hemorrágica e a síndrome do choque da dengue, caracterizadas por sangramento e queda de pressão arterial, o que eleva o risco de morte. A melhor maneira de combater esse mal é atuando de forma preventiva, impedindo a reprodução do mosquito.

Em 1865 foi descrito o primeiro caso de dengue no Brasil, na cidade de Recife, sendo considerada epidêmica em 1846, quando se espalhou por vários estados, como Rio de Janeiro e São Paulo. Acredita-se que o mosquito Aedes aegypti chegou ao Brasil pelos navios negreiros, uma vez que as primeiras aparições do mosquito se deram no continente africano. No início do século XX, o médico Oswaldo Cruz implantou um programa de combate ao mosquito que chegou a eliminar a dengue no país durante a década de 1950.

A dengue voltou a acontecer no Brasil na década de 1980, tendo seus primeiros novos casos em Roraima pelos vírus DEN1 e DEN4. Em 1990, houve a introdução do vírus DEN2 no Rio de Janeiro, atingindo várias áreas do Sudeste, levando a uma epidemia em 1998, com mais de 500.000 casos no país. Em 2000, o vírus DEN3 foi isolado no Rio de Janeiro, e uma nova epidemia de dengue aconteceu entre 2001 e 2003. Antes dessa década, os casos de dengue hemorrágica no país eram raros, mas com a introdução do novo vírus diversas pessoas contraíram a dengue pela segunda ou terceira vez.

Devemos dizer "a dengue" ou "o dengue"?
A forma mais correta, sob o ponto de vista da gramática, é "o dengue", no masculino. Entretanto, também está certo dizer "a dengue", que hoje em dia é a forma mais utilizada pela população . O mosquito da dengue é o mosquito Aedes aegypti, que se desenvolve em áreas tropicais e subtropicais

Tipos

O vírus da dengue possui quatro variações: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Todos os tipos de dengue causam os mesmo sintomas.

Quando uma pessoa é infectada com um determinado tipo de vírus, cria anticorpos no seu organismo e não irá mais contrair a doença por esse mesmo vírus, mas ainda pode ser infectada pelos outros três tipos. Isso quer dizer que só é possível pegar dengue quatro vezes.

Focos de dengue;
-depósitos de água
-lixo doméstico
-pneus usados
-piscina
-áreas de obras
-filtros e recipientes para água
-depósitos e lixeiras
-baldes, regadores, vasilhas etc
-água mineral retornável
-ralo com pouco uso
-muro com cacos de vidro
-  vasos com flores cortadas
-objetos que possam acumular água
-barcos
-pratinhos de vasos com plantas
-Bromélias ou plantas que acumulam água
-vasilhame a ser descartado
-cacimbas e poços
-ar condicionado
-bebedouros de cães ,gatos e passarinhos-não deixar espostos
-Ocos das árvores bambu
PARA EVITAR;
-caixas de descarga, vasos sanitários e ralos com pouco uso.
Ocos das árvores bambus-Preencher com serragem ou areia.
Ar condicionado-Cuidar para que a água não fique depositada nas bandejas de coleta.
Cacimbas e poços-manter sempre bem fechados.
Depósitos e lixeiras-Fazer furos na parte interior.
Lixo doméstico-Manter o lixo ensacado e o recipiente tampado.
Objetos que possam acumular água- Mantê-los  tampados ou emborcados.
Vasos com flores cortadas-Trocar a água e lavar o recipiente 2 vezes por semana.
Depósitos de água-Manter sempre fechados e lavar regularmente esfregando bordas e paredes.

Fontes;

http://www. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/dengueestadao.com.br/infograficos/encontre-os-focos-de-dengue,saude,235112

Aluna Mariana 5ªA- 2015