Pular para o conteúdo principal

Postagens

Luau - EJA

Luau com os alunos e professores da EJA - POESIA, CONTOS E MÚSICA!!!
















Postagens recentes

Chá Literário - alunos da EJA

Com os temas norteadores Negro e África, a professora Solange Torres organizou um SARAU com os alunos da Educação de Jovens e Adultos, contando com a ilustre presença da escritora e educadora Lisandra Cortes Pingo que publicou obras sobre o assunto abordado no evento.
Os alunos recitaram poesias, encenaram trechos do livro da autora citada, jogaram capoeira, dançaram... enfim, foi uma noite de muito aprendizado e cultura.






Parabéns a todos envolvidos!!!

Campeonato de Dança

As professoras de Educação Física Marcia Thomazini  e Samantha Germano promoveram um campeonato de dança com os alunos do 5º ao 9º ano, considerando coreografia, figurino e  repertório musical.
A escola toda se envolveu no projeto e curtiu muito!!!














Projeto Recreio Lúdico

A professora Gislaine Oliveira e os monitores (alunos do 5º ao 9º ano) dão continuidade ao Projeto Recreio Lúdico.
Além de oferecer brincadeiras diversas e atividades lúdicas mais adequadas ao espaço e ao momento do recreio, a proposta é proporcionar um ambiente mais saudável, desenvolvendo nos alunos valores, como o respeito e a solidariedade. A interação e a integração entre os alunos que compartilham este momento de descontração possibilitam que o aluno se socialize de maneira livre, porém, mais consciente.
Se você tiver interesse em fazer parte desse grupo divertido, entre em contato com a professora Gislaine Oliveira, responsável pelo projeto.










O maior atleta paralímpico do Brasil!

O dia em que Daniel Dias (Campinas, 1988), já adolescente, pediu aos seus pais que lhe compraram um piano, eles olharam desconcertados um para a cara do outro. Daniel, nascido com 1,9 kg e uma má formação congénita nos braços e na perna direita, apenas tem um dedo completo, mas ele queria tocar. “Compramos um teclado, como também tínhamos comprado uma bicicleta. Nós nunca falamos para ele que não podia fazer alguma coisa. Ele percebeu depois que não dava para ele tocar, mas não desistiu. Pediu uma bateria que toca até hoje”, relata Paulo, o orgulhoso pai de Daniel, recém coroado como o homem com mais medalhas da história (24) na natação paralímpica.



Aluno Carlos 5ºC

A tocha dos Jogos Paralímpicos Rio2016

Na Tocha dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, relevos sinuosos e contínuos simulam os pontos altos e baixos da vida de um atleta paralímpico, baseada em determinação e conquistas. Sua textura quadrangular remete aos quatro valores paralímpicos – coragem, determinação, inspiração e igualdade – que também estão gravados em braile no objeto.

Ao acender a chama dos Jogos Paralímpicos, vamos dar luz a exemplos inspiradores. Celebrar a criatividade, a diversidade e a força de vontade. Será o momento de despertar a consciência para uma verdade que, embora óbvia, às vezes pode passar despercebida: as diferenças não nos tornam diferentes. A chama é conduzida por meio das tochas, em um revezamento que leva a mensagem Paralímpica para além da cidade-sede e termina com o acendimento da pira na cerimônia de abertura dos Jogos.
Fonte:site rio 2016

REVEZAMENTO DA TOCHA

Aluna Isabella 5ºC

O Brasil nas Paralimpíadas Rio 2016

O Brasil terminou em 8º lugar no quadro geral de medalhas da Paralimpíada do Rio2016. Foram 72 medalhas no total, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze. Antes do início da competição, a meta prevista pelo Comitê Paralímpico Brasileiro era de que o Brasil ficasse entre os cinco melhores países na conquista de medalhas.               Na Paralimpíada do Rio, a China ficou em primeiro lugar, com 239 medalhas: 107 de ouro, 81 de prata e 51 de bronze. Em seguida, aparecem a Grã-Bretanha, com 147 medalhas no total, Ucrânia, com 117, Estados Unidos, com 115, e Austrália, com 81 medalhas





Fonte: iG Olimpiadas  Aluna Jaqueline 5ºC
Saiba como foram feitas as medalhas dos Jogos Rio 2016